CANCHAL DE LA CEJA – Serra Bejar [da plataforma travessia em ski montanha]

27 Agosto, 2017 at 22:21

Pela sua proximidade com Gredos a Serra de Bejar é relativamente menos explorada e conhecida, a não ser pelas suas pistas de ski de La Covatilla.
É uma serra relativamente arredondada no seu cimo e bastante exposta aos ventos da meseta ibérica. Isto faz com que seja habitual encontrar em quase toda a sua ascensão o terreno coberto por gelo ou ter vento na sua parte superior. Esta parte superior redonda e larga também contribui para ser fácil perdemos-nos caso exista nevoeiro.
Nós tivemos a sorte de ter um excelente dia de subida mas o gelo que cobria tudo tornou a descida um pouco mais dura para os skis.

A subida a La Ceja, ponto mais alto da Serra de Bejar, inicia-se na plataforma de Traviesso onde chegamos vindos da vila de Bejar e depois de passar por Candelário e pela plataforma onde se situa o hotel.
O caminho, bem marcado e com muitos “hitos”, inicia um pouco antes da plataforma e segue na diagonal pela pendente até atingir a Fuente de la Goterita. Um pouco mais acima um grande “hito” marca a corda do Caltivero.

 

Seguindo esta chegamos a um colo de onde avistamos as lagoas do Trampal e a vertical rochosa de Umbria de la Laguna. Contornando o cimo do vale onde se situam as lagoas alcançamos a zona rochosa onde se situa o cimo do Canchal de La Ceja (2425 m.).

A descida é feita pelo mesmo percurso.

Como complemento podemos andar mais para SW e subir ao Calvitero (ou Torreon conforme as fontes) que apesar de não ser o mais alto é o cimo mais conhecido e que dá nome a esta zona.


Croqui Mapa GPS  Google Earth

Tags: