SERRA GERÊS [PR Currais+Miradouros+Calcedonia]

15 Maio, 2018 at 20:30

Depois de alguns meses de inactividade o desejo de uma volta mais durita estava a impor-se. Algo sem muita logística mas que desse para o corpo se relembrar do exercício. Com essa ideia resolvi juntar dois percursos (que no final quase eram três) cuja distancia e desnível já tivessem alguma importância.

SERRA GERÊS [Pitões-Fonte Fria-Barragem Paradela-Pitões]

23 Março, 2018 at 10:30

Este percurso começa em Pitões seguindo para norte em direcção à fronteira. A partir daí segue a linha de fronteira subindo para o Penedo da Pizarra e percorrer alguns estradões que a seguem. Ao chegar à Lomba contorna-se o Coto das Gralheiras descendo ao vale do lado português, por um caminho nem sempre evidente, para voltar a subir e retomar a linha da fronteira logo à frente.

TUC VALLIBERNA E TUC CULEBRES [Vale de Valliberna, aresta e Canal de Culebres]

14 Março, 2018 at 10:00

Desde o refúgio seguimos o percurso do GR-11, subindo o vale, para um pouco mais à frente encontrar o desvio para os Ibones de
Coronas e logo de seguida, na Pleta de Llosas, encontrar o caminho que desvia para os Ibones com o mesmo nome (2225 m). Ambos os desvios estão bem assinalados. O desvio para Llosas atravessamos o à nossa direita através de uma ponte de madeira e continuamos a subir o vale. Até aqui o caminho segue por entre o pinheiros mas o seu número vai diminuindo com a altitude.

PEDRADA – SERRA PENEDA [travanca, guidão, branda cova, pedrada, fojo, travanca]

10 Janeiro, 2018 at 0:31

Depois de várias tentativas de voltas nesta serra, sempre abençoadas pela chuva, finalmente uma volta em que não se podiam pedir melhores condições: muito sol, temperatura amena e uma brisa para manter os corpos frescos.

PEÑA MAÍN – Picos Europa [pela vila de Tielve]

9 Janeiro, 2018 at 23:39

Este é um óptimo miradouro do maciço central desde a parte norte.

Esta é uma das duas formas habituais de subir a esta Peña e efectivamente a mais dura.

Inicia na aldeia de Tielve, fazendo um desnivel de +/- 950 metros, enquanto a outra opção inicia junto a Pandébano, e sobe 500 metros. Tal como todos os caminhos das zonas mais baixas dos Picos da Europa este segue inicialmente caminhos rurais que dão acesso a campos e zonas de pastagem mais altas. Até chegarmos à parte alta, quase no cimo, este caminho tem muitas árvores e sombra.

S.MACÁRIO [Póvoa Leiras-Covelo Paivô-Covas Monte-Drave-Póvoa Leiras]

29 Dezembro, 2017 at 23:25

Conheci este percurso por intermédio do Pedro Guedes, da Espaços Naturais, durante uma actividade de preparação para os Alpes onde foi como monitor.

S.Gerês [Travessia Campo do Gerês – Caldas Gerês]

8 Setembro, 2017 at 14:50

Info MIDE

Com o objectivo de efectuar uma marcha de dois dias para um grupo de amigos resolvi ligar alguns percursos que conhecia. Alguns deles não os fazia à mais de 10 anos pelo que era engraçado relembrá-los e recordar quando chegar ao Gerês era uma viagem de aventura entre comboios e camionetas.

TRILHO FRASSINELLI – Picos Europa [PR-PNPE 1 – de Corao aos lagos de Covadonga]

1 Setembro, 2017 at 17:56

Este percurso segue a parte inferior do caminho que Roberto Frassinell, também conhecido como «el alemán de Corao», viveu nessa vila em meados do século XIX, grande amante da natureza, arqueólogo, desenhador, etc., frequentava os picos e em especial o maciço ocidental. Segundo consta este era o caminho habitual desde a sua aldeia. É também uma das vias de acesso do gado do vale de Güeña até às pastagens de

VALE BUJARUELO – PIRINEUS [pelo caminho velho e regresso]

1 Setembro, 2017 at 17:37

Pode-se chegar a San Nicolas de Bujaruelo de carro através de um estradão de terra batida. No entanto subir este vale a pé, pelo menos uma vez, é indispensável. Para quem está a realizar o famoso GR11 este vale, por onde corre o rio Ara, faz parte da etapa que liga o refúgio de Goriz a Bujaruelo ou vice-versa.

PR TORLA-BROTO – PIRINEUS [pelo caminho velho]

1 Setembro, 2017 at 17:17

Este passeio liga as duas principais vilas deste vale e permite realizar algum “descanso” activo entre outras actividades ou fazer alguma volta com miúdos (tendo em atenção que os horários serão outros). Em Broto existem alguns restaurantes e parques o que permite algum descanso antes do regresso. Também existem transportes que passam por Broto com destino a Torla.