Montanha Leve

 

 

Alpes Franceses

 > Contamine-Grisolle

 > Contamine-Mazeaud

 > Contamine-Negri

 > Le Râteau Oeste - Aresta Oeste - Ecrins

 > Mont Gioberney - Ecrins

 

Alpes Suiça/Italia

 > Travessia Breithorn - Castor

 

Espanha

 > Pico Torres - Via normal

 > Pico Agujas - Corredores face NE

 > Pico Coriscao - Pelo Collado de Llesba em ski

 > Pico Tesorero - face oeste em ski

 > Canchal de La Ceja - Bejar - em ski

 > Pico Padierna - invernal por Canal S.Luis

 > Peña Fornos em ski - San Isidro

 > Torre Friero - corredor norte invernal

 > Peña Ubiña - Norte Clássica

 > Curavacas- Corredor Sul

 > Pico Murcia - Directa Norte

 > Pico Espiguete - Corredor Nordeste

 

 

 

PICO TORRES

VIA NORMAL

Situado na fronteira entre Castilla-Leon e as Asturias e a 2 km da estação de esqui de San Isidro este pico é visivel desde do colo que une as duas provincias.

ITINERÁRIO. Do estacionamento seguir uns 150 mts em direcção a Leon e na ponte sobre o rio Isoba (nem sempre visível no inverso por causa da neve) sair da estrada e seguir um caminho à esquerda (só visível quando não há neve).O caminho ao principio segue na direcção contraria ao Pico Torres seguindo o rio. O caminho é cómodo e vai ganhando altura lentamente. Em dias limpos é visível toda a aproximação e o Pico Torres a sua face sul com algumas vias de escalada clássica. Quando há boas condições de neve é possível fazer várias variantes.

A aproximação leva-nos até ao inicio do largo corredor de subida. No cimo deste é possível encontrar com frequência uma cornija que poderá dar mais alguma dificuldade na passagem para atingir um evidente colo. Daí seguiremos até aos blocos cimeiros, que contornaremos na sua maioria pela direita, até atingirmos o cimo onde encontramos um marco geodésico. No inverno, e por efeito da neve, o espaço disponível poderá não ser muito largo dando um aspecto aéreo ao local.

A descida é feita pelo mesmo caminho. Toda a zona de aproximação à base do Picos Torres é caracterizada por um terreno de pequenas colinas. Nos dias em que o tempo não seja claro ou exista nevoeiro é possível que nos percamos na aproximação.

A descida em esqui desde a base do corredor até à estrada é bastante agradável e acessível.

 

Nós efectuamos esta subida durante um fim de semana de Janeiro de 2006 com umas condições meteorológicas óptimas e uma neve perfeita para o esqui. Apesar de haverem algumas nuvens não fazia vento e manteve-se uma temperatura ideal para manter o esforço da subida. Além de nós os dois acompanharam-nos o David Moutinho e o Luís Poeira.

 

PicoTorresVistaReb

 

Fotos

 

 

Dificuldade

AD

Desnivel

590 mts

Horário

5/6 horas

Ficheiro GPS

OZI

 

TRACKMAKER

Mapa GPS OZI

Não

Carta Topográfica nº

---

Material

Possivel corda pequena para a passagem da cornija ou em caso de pessoas pouco experientes

Acesso

Seguir a A-66 entre Leon e Oviedo e sair em Moreda. Pela AS-212 chega-se a Cabañaquinta onde pela AS-253 se chega ao Puerto de San Isidro, onde deixamos o carro. Esta opção, apesar de mais longa, é mais rápida do que seguir pela estrada nacional desde Leon

Estadia

Em volta da estação de esqui de San Isidro existem muitas possibilidades de locais para passar a noite. De hotéis de 4 estrelas até quartos alugados passando por vários albergues (alguns deles bastante confortáveis e acessíveis) a escolha é grande