MONT GIOBERNEY – Maciço Ecrins [via normal pela aresta sul]

27 Agosto, 2017 at 17:44

Percurso acessível e bastante variado. Inicia-se no refugio de La Pilatte, onde se chega após 3 horas de marcha, 8 kms e 860 m de desnível desde a povoação de La Berarde. A parte mais dura desta actividade penso que seja mesmo a aproximação. Por esse motivo é de todo aconselhável fazer a actividade em dois dias e dormir no refugio. Além de dar um gosto especial à actividade, permite-nos apreciar toda a paisagem do maciço de Les Bans e os serviços deste excelente refugio para onde convergem todas as pessoas que realizam actividades em toda esta zona.

A subida ao Mont Gioberney no verão é bastante repetida e é possivel que encontremos mais pessoas neste percurso, considerado como a via normal do lado sul.

Apesar de não ser essencial é de todo aconselhável iniciar cedo a subida. Com o aquecimento e a redução do tamanho dos glaciares, o glaciar de Gioberney já não é principal dificuldade. Uma grande parte da subida agora é feita em rocha. Apesar disso na parte intermédia, e mais inclinada, ele ainda existe e recebe o aquecimento do sol desde muito cedo. Se chegarmos tarde a este ponto o andarmos sobre neve fofa irá tornar a subida bastante mais penosa.

Mal saimos do refugio (2577 m.) subimos, por entre terressas de relva e algumas placas, a zona mais vertical à nossa direita em direcção ao esporão rochoso que desce do cimo do Gioberney (+/- 1 h) .

Apesar de não ser essencial é de todo aconselhável iniciar cedo a subida. Com o aquecimento e a redução do tamanho dos glaciares, o glaciar de Gioberney já não é principal dificuldade. Uma grande parte da subida agora é feita em rocha. Apesar disso na parte intermedia, e mais inclinada, ele ainda existe e recebe o aquecimento do sol desde muito cedo. Se chegarmos tarde a este ponto o andarmos sobre neve sofa irá tornar a subida bastante mais penosa.

Mal saimos do refugio (2577 m.) subimos, por entre terressas de relva e algumas placas, a zona mais vertical à nossa direita em direcção ao esporão rochoso que desce do cimo do Gioberney (+/- 1 h).
Ao chegarmos à sua base iremos controná-lo pela sua esquerda e subimos a pendente de placas de rochas (outrora a base do glaciar) ficando este sempre na nossa direita. Conforme vamos subindo iremos passar uma zona mais estreita e atingir o inicio do glaciar onde colocamos os crampons.
Subir o glaciar em direcção a SW, sempre pelas pendentes mais acessiveis à esquerda do esporão, encontrando no seu cimo o colo de Gioberney (3 332 m. ) que dá acesso ao vale do mesmo nome.

Neste local iremos tirar os crampons e subir a aresta sul (+ 0h30). Esta é simples e em rocha de boa qualidade mas bastante aeria e com alguns passos (que se passam pelo lado W) onde necessitamos de usar as mãos. O uso de corda pode ser aconselhável e o capacete é indispensável. Do cume (3552 m.) temos uma vista para toda a parte sul do maciço dos Ecrins
A descida é feita pelo mesmo percurso.

 

 


Croqui Mapa GPS  Google Earth

Tags: