SERRA GERÊS [PR3 Trilho dos Currais]

O Trilho dos Currais percorre a encosta direita das Caldas do Gerês aproveitando os antigos caminhos de acesso à serra. Este trilho passa nos currais mais próximos pertença dos baldios de Vilar da Veiga, curral Espinheira, curral da Carvalha das Éguas e o curral da Lomba do Vidoeiro.

PICO TORRES [norte directa] 320 mts – III/2- (65º)

O Pico Torres é um evidente cume bem visível do Puerto de San Isidro. Para além da via normal, descrita em outro post, existem na face norte duas vias que são talvez os mais interessantes percursos invernais deste pico.

Em contraste com a soleada via normal, na vertente norte não veremos o sol uma única vez e o ambiente é mais agreste e as ascenções mais comprometidas.

MADEJUNO – TIRO LLAGO [travessia]

A aresta Madejuno-Tiro Llago é uma clássica entre as vias de aresta dos Picos da Europa. Com uma dificuldade acessível é possível juntá-la as outras duas arestas, Altaiz – Torre Hoyo Oscuro e Torre Blanca – Llambrion, para efectuar a designada Linha Schulze, que num dia permitindo-nos “cavalgar” esta fantástica linha de uns 2,5 quilómetros. Mas isso fica para outro post…

SERRA GERÊS [PR 10 Trilho da Preguiça]

Situado a 4 kms acima das Caldas do Gerês, na direcção à Portela do Homem, o Trilho da Preguiça dá-nos uma visão diferente de quase todos os outros trilhos marcados do Gerês. Percorrendo a encosta do Arnado andamos por entre antigos carvalhais e bosques que são uma representação viva da antiga cobertura existente em todo o norte de Portugal.

SERRA AMARELA [PR 5 PTB Entre-Ambos-os-Rios a Ermida]

Este percurso é um trilho de pequena rota que, de forma circular, liga as duas povoações através das encostas do rio Froufe e do seu afluente a ribeira de Carcerelhe.

O inicio e o fim são na igreja de Entre-Ambos-os-Rios e ao longo do percurso passamos pelas povoações Froufe, Lourido e Ermida. Perto de Lourido é possível cortar o percurso (e quase todo o desnível) através da ligação que atravessa esta povoação.