NARANJO DE BULNES [Via Victor]

Esta foi a primeira via aberta na face sul do Picu tendo sido realizada pelo guia Victor Martinez. Não se conhece a data exacta da primeira ascensão mas sabe-se que ele subiu pela primeira vez com um cliente em 18 Agosto de 1924.

Tal como muitos escaladores, foi através desta via que subi pela primeira vez ao Naranjo. É uma via acessível mas como parte das suas reuniões coincide com os rappeis de descida, é uma via algo exposta à queda de pedras, soltas pelas pessoas que descem pelo anfiteatro e pelo recuperar das cordas.

PICO SAN CARLOS [corredor norte]

A aproximação começa na estação superior do teleférico de Fuente Dé seguinte o caminho que dá acesso ao interior do maciço e aos estradões do vale de Aliva. Se o seguirmos vamos chegar a uma curva apertada de onde se desvia para a Cabana Verónica. Nós seguimos o caminho em direcção às minas de Altaiz e ao Collado da Fuente Escondida. Aqui descemos um pouco a vertente para de seguida, e ganhando lentamente altitude, contornarmos a face norte da Torre de Altaiz e do San Carlos até atingirmos o cone de entrada do corredor norte.

TRILHO FRASSINELLI – Picos Europa [PR-PNPE 1 – de Corao aos lagos de Covadonga]

Este percurso segue a parte inferior do caminho que Roberto Frassinell, também conhecido como «el alemán de Corao», viveu nessa vila em meados do século XIX, grande amante da natureza, arqueólogo, desenhador, etc., frequentava os picos e em especial o maciço ocidental. Segundo consta este era o caminho habitual desde a sua aldeia. É também uma das vias de acesso do gado do vale de Güeña até às pastagens de

TORRE ALTAIZ E OUTROS – PICOS EUROPA [Altaiz, S.Carlos, Padierna e Sierruca]

Como os dias anteriores tinham sido algo duros quando iniciamos esta actividade a ideia era: “vamos a Altaiz e depois vemos”. Acabamos por fazer uma volta e quatro cumes. O ultimo é um esquecido perto “del Cable” e foi por pura brincadeira…