SERRA GERÊS [Trilho das Silhas dos Ursos]

Este pequeno percurso leva-nos a conhecer as silhas, locais de protecção dos cortiços das abelhas dos predadores existentes nessa altura: os ursos.

Este locais foram construídos séculos XV / XVII pelos habitantes locais.

O percurso tem umas excelentes vistas para o vale de Caldas do Gerês e para a serra do Gerês propriamente dita.

Quando o realizamos em Fevereiro de 2019, o trilho estava mais ou menos bem marcado e conservado mas com algumas falhas essencialmente no início.

Ele tem início na casa florestal da Junceda a que chegamos através de um estradão que inicia na estrada que liga o campo do Gerês às caldas do Gerês. No entanto existem anos em que não se consegue fazer este estradão pelo mau estado do mesmo. Nessa altura é necessário contar com mais os cerca de três quilómetros que este tem.

Depois de sair da Junceda passamos pela boca de água existente a norte das casas e continuamos nesse sentido. Pouco depois viramos à direita para passar uma linha de água.

Após de descer um pouco enviaremos primeira silhas construídas no cimo de um grande bloco de rocha. Continuamos e passamos por um cruzamento à esquerda e iniciamos a descida. Podemos outra linha de água e encontramos a segunda silhas á esquerda. Está é bastante mais elaborada, construída com blocos de pedra e de forma circular.

Regressamos ao cruzamento anterior para agora seguir pela direita em direcção ao do Gamil. Deste temos uma excelente vista sobre a Serra Amarela, a barragem de Vilarinho das Furnas e o Campo do Gerês. Um pouco antes deste prado encontramos uma fonte de água onde podemos abastecer-nos.

Regressamos pelo mesmo caminho até ao desvio para as silhas para desta vez seguir directamente para a casa abrigo da Junceda onde termina o percurso.

Carta militar nº 30


Descrição GPS Folheto