SERRA VALONGO – PORTO [Zona de Escalada]

Acessos e História

Esta serra fica a cerca de 25 km da cidade do Porto seguindo pela A4 em direcção a Vila Real. Valongo é talvez o local de Portugal onde se escala à mais tempo. Pelo que sabemos desde os anos 40 se percorram as fragas desta serra. Uma delas é a Fraga do Diabo, situada em frente à Fraga Lisa, e que hoje se encontra esquecida. Pela sua proximidade com o Porto foi local de treino para outros objectivos mas também zona de formação sendo nas fragas de Valongo que se iniciaram muitos dos escaladores desta zona.
Sujeitas a vários vandalismos e roubos de material nunca deixaram de ter escaladores. Do pitão ao químico passando pelo parabolt ou o velhinho spit estas fragas já foram equipadas com o mais diverso material. O ultimo grande reequipamento data de 1998. Nessa data, e por motivo do encontro nacional de escaladores organizado pelo Clube Nacional de Montanhismo – Norte, este apoiou o com o material e eu, com a ajuda de várias pessoas, reequipei as vias mais usadas e cujo o equipamento estava necessitado. Desde essa altura surgiram mais algumas vias um pouco por cada fraga, como é o caso das fragas do Sanatório. Valongo não é um local para quem querer fazer dificuldade. A maioria das vias são de grau médio. Mas a visita a este local histórico no montanhismo português merece de qualquer forma uma visita.

Sujeitas a vários vandalismos e roubos de material nunca deixaram de ter escaladores. Do pitão ao químico passando pelo parabolt ou o velhinho spit estas fragas já foram equipadas com o mais diverso material. O ultimo reequipamento data de 1998. Nessa data, e por motivo do encontro nacional de escaladores organizado pelo Clube Nacional de Montanhismo – Norte, este apoiou o com o material e eu, com a ajuda de várias pessoas, reequipei as vias mais usadas e cujo o equipamento estava necessitado. Desde essa altura surgiram mais algumas vias um pouco por cada fraga, como é o caso das fragas do Sanatório. Valongo não é um local para quem querer fazer dificuldade.

Escalada zona Valongo, Fraga Castelo

Escalada Fraga Castelo – Via Estrumfes

A maioria das vias são de grau médio. Mas a visita a este local histórico no montanhismo português merece de qualquer forma uma visita.

Fragas

Fraga do Castelo – é talvez a mais conhecida e frequentada. Tem um acesso fácil de cerca de 10 minutos entre o carro e a base das vias. Conta com dois sectores principais: as placas – zona virada para os antigos moinhos – e a face do rio onde será necessário rapelar para a base das vias.

Fraga do Tecto – trata-se da fraga onde teremos que andar mais para chegar à sua base. Deixando o carro no inicio do estradão que atravessa a serra começamos a subir logo após termos passado uma pequena ponte. Vinte minutos de subida por um evidente caminho deixa-nos na base.

Escalada zona Valongo, Fragas do Diabo

Fragas do Diabo, anos 40

Fraga Lisa – esta fraga é com o acesso mais complicado. No centro de S. Pedro da Cova

Escalada Fraga Tecto, anos 80, Valongo

Escalada Fraga Tecto, anos 80

seguimos a estrada em direcção ao Rio Ferreira e a Aguiar de Sousa. Logo a seguir de passarmos a ponte sobre o rio viramos à esquerda e voltamos a atravessar o rio e viramos à direita. Seguimos uma estrada em paralelo bastante íngreme e com aspecto de estarmos no meio um bairro até chegarmos ao inicio do estradão que atravessa a serra. Aqui podemos deixar o carro neste local se o estradão estiver muito mal ou continuamos até chegarmos à base da fraga.

Fraga das Azenhas – é a ultima parede a ser equipada na zona de Valongo. Neste momento (Agosto 2021) conta com quatro vias, sendo três equipadas e uma a material. Localiza-se na margem esquerda do rio Ferreira e é possível chegar à sua base depois de passar a ponte junto à Fraga do Castelo.

Fraga do Diabo – as fragas do Diabo é umas das primeiras paredes a ser escalada na zona do Porto e Valongo. Tem um aspecto grandioso mas também são sujeitas à humidade devido à orientação das suas paredes. Aproveitando as limitações da pandemia Jorge Santos e Oldemiro Lima, entre outros escaladores, limparam e equiparam um novo sector a que chamaram “Varanda do Diabo”. O nome encaixa na perfeição. Tem um acesso curto, mas laborioso, no entanto demonstra as possibilidades desta fraga.

Fraga Amarela – situa-se perto do Castelo e é aqui que estão as vias mais difíceis abertas em Valongo. O acesso à base das vias é através de um destrepe do lado esquerdo quem está no cimo das paredes. Dada a estrutura da rocha, e a possibilidade da queda de blocos que se tem vindo a agravar nos ultimos anos, poderá ser perigoso escalar neste local.

Sanatório – é a zona de escalada mais recente de Valongo. Localiza-se próximo de um sanatório que existia na estrada que sai do centro de Valongo e sobe a serra em direcção a S. Pedro da Cova. Estas vias são pouco usadas.

 

 


Mapa / F.Pias Fragas Castelo (act. 2021) Fraga Tecto (novo) Fraga Lisa (act.2021) Fraga Azenhas Fragas Sanatório / Amarela Fragas Diabo – Sector Varanda
Tags: