AGULHA DO MIDI [mallory-porter + variante cecchinel]


Descarregar Croqui

A Agulha do Midi, e em especial a sua face norte, domina a vista desde Chamonix. Em conjunto com o seu teleférico não há ninguém que não conheça esta agulha.

São várias as vias nesta face, algumas bastante conhecidas como é caso do Esporão Frendo. Numa ida aos Alpes durante a primavera aproveitamos a época e as condições para fazer a via Mallory-Porter que percorre esta face em vertical com a agulha do Midi. Esta é uma via, assim como muitas desta face, só tem condições na primavera ou muito no inicio do verão, senão for um ano seco, já que se trata de uma via essencialmente de neve e estar localizada a uma altitude relativamente baixa.

Aberta em 1919 foi sofrendo “correcções” em algumas zonas (essencialmente para seguir pelas zonas de neve) até se tornar na linha existente hoje em homenagem aos seus primeiros escaladores. É uma via relativamente acessível onde os 1500 metros de desnível são uma das maiores dificuldades. Dado ter do teleférico tão próximo o acesso é bastante curto, e em cerca de 1h a 2h podemos estar na base da via. É uma via bastante directa e que liga vários campos de neve cortados por bandas de rocha. Em média encontramos pendentes entre os 45 e os 60º epassagens de IV+ nas zonas de rocha. Em algumas partes da via, e segundo as condições, é possível progredir em cordada em movimento colocando pontos intermédios.

TRIANGULO DO TACUL [contamine-negri]

O Triangulo do Tacul situa-se na face norte do Monte Branco do Tacul, maciço do Monte Branco, Chamonix.

É uma evidente zona rochosa completamente identificável quando se chega via a Agulha do Midi .

Apesar de se considerar uma via do Triangulo do Tacul esta via praticamente só toca neste duas ou três vezes. É a primeira que passa nos seracs que descem do cimo do Monte Branco do Tacul.

TRIANGULO DO TACUL [contamine-mazeaud]

O Triangulo do Tacul situa-se na face norte do Monte Branco do Tacul, maciço do Monte Branco, Chamonix.

É uma evidente zona rochosa completamente identificável quando se chega via a Agulha do Midi.

TRIANGULO DO TACUL [contamine-grisolle]

O Triangulo do Tacul situa-se na face norte do Monte Branco do Tacul, maciço do Monte Branco, Chamonix.

É uma evidente zona rochosa completamente identificável quando se chega via a Agulha do Midi.

É uma via possível de se fazer num só dia saindo de Chamonix desde que tenhamos ritmo para ir de encontro ao horário. Nós optamos por a realizar desta forma. Isto apesar de uma avaria no teleférico da Agulha do Midi que fez que só estivéssemos na base cerca das 10h30 da manhã. Também devido ao mau tempo desse ano estávamos pouco aclimatados sendo esta a nossa primeira subida a esta altitude. O corpo sentia-se cansado e a nossa processão foi mais lenta do esperávamos pelo que acabamos por só regressar na ultima descida do teleférico. É uma via bastante variada, tanto com placas de neve continuas, como misto de gelo e rocha ou estreitos corredores.